Os 3 pilares da sustentabilidade.

Você já deve saber que um dos pilares da Fibravit é a sustentabilidade. Temos focado bastante na importância de as empresas serem sustentáveis em seus processos produtivo. A gente não pode produzir a qualquer preço, pois as nossas ações repercutem no modo de vida das gerações futuras. Por isso que nossos sanitários hidráulicos não usam produtos químicos, investimos no tratamento de efluentes em nossa própria Estação de Tratamento de Efluentes e sempre estamos atentos às normas legais sobre a destinação dos resíduos.

No entanto, a sustentabilidade é um conceito amplo e é sobre isso que vamos abordar hoje. Mais especificamente, hoje vamos escrever sobre os 3 pilares da sustentabilidade, os quais alteraram significativamente a maneira como as empresas se posicionam perante seus públicos e a sociedade em geral.


Com a necessidade de humanizar as marcas e imprimir um novo modo de consumo mais consciente, é essencial que as empresas adequem esses 3 pilares da sustentabilidade em seus processos, a saber: o social, o econômico e o ambiental.


O social se trata de todo capital humano que, direta ou indiretamente, está relacionado às atividades desenvolvidas por uma empresa, o que inclui funcionários, público-alvo, fornecedores, a comunidade ao seu entorno e a sociedade em geral. Nesse âmbito, ações socialmente sustentáveis desenvolvidas vão muito além dedar férias ou benefícios aos funcionários. É essencial proporcionar um ambiente que estimule a criação de relações de trabalho legítimas e saudáveis, além de favorecer o desenvolvimento pessoal e coletivo dos direta ou indiretamente envolvidos.


O econômico diz respeito às relações de competitividade das empresas em relação aos demais concorrentes do mercado, fazendo com que elas sejam economicamente sustentáveis e capazes de produzir, distribuir e oferecer seus produtos ou serviços de maneira justa. Além do mais, se uma empresa lucra explorando as más condições de trabalho dos funcionários ou a degradação do meio ambiente da área a sua volta, por exemplo, ela definitivamente não está tendo um desenvolvimento econômico sustentável, já que não existe harmonia nas relações estabelecidas.


Por fim, o desenvolvimento sustentável ambientalmente correto se refere a todas as condutas que possuam, direta ou indiretamente, algum impacto no meio ambiente, seja a curto, médio ou longo prazos. Esse é o terceiro pilar, o ambiental. O desenvolvimento sustentável busca, em primeiro lugar, minimizar ao máximo os impactos ambientais causados pela produção industrial.


Está aí o nosso desafio enquanto empresa: promover uma cultura de desenvolvimento sustentável que envolva o social, o econômico e o ambiental.


Fonte:

https://www.teraambiental.com.br/blog-da-tera-ambiental/entenda-os-tres-pilares-da-sustentabilidadee


Gostou do assunto de hoje? Compartilhe sua opinião conosco.

72 visualizações0 comentário